About a boy

Ele sofre por amor. Ali, sentado ao meu lado no show do Wander, chora lágrimas sinceras ao som de "me dê um motivo pra não cheirar cola essa noite". Esse menino chora. São ótimos os homens que choram. Principalmente no show do Wander, claro. Mas ele chora muito.

O outro não consegue, não consegue, não consegue namorar por mais de um mês. É romântico até o fim. Mas gosta de ficar sozinho. Acha namoro um saco.

O primeiro quer um amor intenso e apaixonado. O segundo decide inventar romantismos. E eu, a moça, olho para os dois amigos solteiros (bonitos, inteligentes e o resto todo) com meu coração sábio (por um momento) e vazio (mas nem tanto).

 "Como assim você quer um amor pra sofrer?" "Sofrer de dois em dois meses por uma mulher diferente?" "Não, não faça isso. Pô". "Não dê às mulheres esse poder!".

E eu explico para os rapazes lindos e sensíveis que amor não é pra gente sofrer. Pelo menos não no início. Sofrer só depois de uns seis meses, na primeira crise. Ah, meninos lindos. Vocês não aprenderam ainda?

(Por Nina Lemos)