Aspirador de pó

Eu preciso mudar de casa, arrumar um namorado novo. Preciso ter carinho. Ver mais alguns amigos, responder e-mails pendentes. Preciso de uma câmera digital nova, preciso esquecer imagens do passado que dataram. Preciso visitar o filho da Paula que eu ainda não conheço, levar o Tunico no veterinário, ter mais idéias de pautas, escrever um livro. Preciso voltar para a ioga com regularidade, parar de lesar, fazer as unhas, comprar sapatos novos. Preciso devolver fitas de DVD e pagar uma multa horrível, preciso parar de fazer isso (o drama da locadora). Eu preciso de um monte de coisas. Tantas coisas que não caberiam nesse blog. A única coisa que eu sei que eu realmente não preciso de maneira nenhuma é de um aspirador de pó. E o que ouço da minha mãe quando chego na casa dela para o final de semana do Tim Festival?

“Já sei o que vou te dar de aniversário. Você precisa de um bom aspirador de pó”.

Da onde ela tirou essa idéia?

A vida é uma piada.

Como se eu já tivesse visto na vida algum dia um aspirador de pó!

(por Nina Lemos)