Olho tremendo

Quando eu fico muito estressada, estafada e cansada, mas muito mesmo, o meu olho treme. Deve ser de família. Vez ou outra minha prima deixa um recado no meu orkut: tô com o olho tremendo. Essa é a senha para o nosso estresse.

Perguntei para o amigo se o olho dele treme. E ele disse que sim. Já pensou até em procurar um médico para resolver o problema. Quando eu trabalho demais dois finais de semana direto sem pausa (caso das últimas duas semanas) o meu olho treme. Quando sou engolida pela indústria de celebridades em um bolinho de repórteres que parece um monstro com tentáculos (com a atriz da novela no meio) que tenta pegar logo eu, a menina que despreza a indústria do espetáculo e só quer ficar em paz junto com os amigos mais queridos, eu choro.

O meu olho treme e chora durante o estresse das semanas de moda. E espera avidamente pelo fim disso tudo. Quando poderá ver o rosto de amigos rindo e dançando em um show de rock.

(Por Nina Lemos)