UOL Estilo UOL Estilo






Meu perfil
BRASIL, Mulher, Portuguese

Neste blog Na Web

 Visitas  
 
E viva o selinho!
O candidato democrata à Presidência dos EUA, Barack Obama, decretou : selinho para todos!!
Na convenção do partido que aconteceu ontem, ele resolveu marcar sua campanha dando um beijo na boca da mulher do vice-presidente.
Isso é que é uma pesssoa avançada, com novas idéias.

E o selinho, convenhamos, é uma instituição que tem que ser incentivada. Com sua vitória, Obama vai transformar os Eua. Os soldados americanos que estão espalhados por todo o mundo para fazer o bem e meter a porrada, mudarão de práticas. Ao invés de sufocarem as pessoas com sacos plásticos, darão selinhos. E deixarão de dar sopapos, chutes, socos e pontapés para fazer trabalho de corpo e contato e improvisação com a população dos países de terceiro mundo.


Afinal, um selinho não faz mal a ninguém! E uma democracia verdadeira se faz com a distribuição de afeto!
Se joga Obama! E Zé Celso para vice.

Quem nunca distribuiu seus selinhos por aí que atire a primeira pedra. Quer dizer, que distribua, pois não sabe o que está perdendo!

:: Escrito por Jô Hallack às 09h17
Maravilhas da vida moderna!

É assim. Você é uma pessoa livre para consumir e usar a tecnologia. Por isso tem um Blackberry que te permite entrar na internet de qualquer lugar onde estiver. E também tem a "liberdade" de ficar viciada e presa a esse aparelho. E a TIM tem a liberdade de cortar seu telefone e te acusar de não ter pago uma conta de abril. E de te deixar com síndrome de abstinência em pleno domingo.

Você tem a liberdade de usar o telefone onde bem entender. E pagar caro por isso. E, claro, quem precisa de um telefone para viver (mesmo no domingo) não é exatamente livre. E o que a companhia de telefonia faz? Ah, pode-se tudo nessa era pós Jetsons, não? Até cobrar duas vezes uma conta. E cortar o seu telefone por causa disso. E você pode espernear, chorar e gritar. Eles só vão resolver parte do problema quando você fizer uma ameaça de processo.

O capitalismo é mesmo super legal. E o que você faz depois de brigar com a operadora cafajeste e pensar nisso tudo? Tem um ataque de pânico. Daqueles de verdade. E as pessoas ainda têm a liberdade de pensar que você é louca por isso.

(Por Nina Lemos)

:: Escrito por 02 Neurônio às 16h25