UOL Estilo UOL Estilo






Meu perfil
BRASIL, Mulher, Portuguese

Neste blog Na Web

 Visitas  
 
O dia em que rasguei sua lista de exigências (ou o fim do tratamento VIP)

Algumas vezes na vida a gente se encanta loucamente por alguém (o que é ótimo). Só que algumas vezes somos meio loucos e decidimos que essa pessoa vai ter tratamento VIP na nossa vida. Claro, isso não é uma decisão consciente, mas uma coisa que acaba acontecendo. Quando percebemos, estamos tratando o sujeito, que geralmente é nosso pretê, como se fossemos assessor de celebridades e ele um famoso do porte da Madonna. Oferecemos cem toalhas brancas, comidas exóticas e tolerância total.

Se a celebridade que elegemos dá uma pisada na bola, não reclamamos. Afinal, que medo, ela pode nos demitir da vida delas! Resultado, nós socialistas da amizade, acabamos admitindo coisas que não admitiríamos de ninguém (pelo menos não sem dar uma bronca).

As celebridades do nosso coração em geral são namorados. Mas algumas vezes exs também continuam com o status. E lá vai você, responder a uma lista de exigências que ele fez para ficar na sua vida (ou foi você quem inventou).  O senhor não quer ser incomodado, entendo que não atenda o telefone. O senhor estava muito sensível, entendo que tenha me colocado em uma roubada.

Até que uma hora, é claro, as coisas mudam. Você acorda da abdução e se toca que ninguém, mas ninguém nesse mundo merece tolerância total. E decide tirar a pulseira vip do braço do sujeito e rasgar a lista de exigências! Lidar com celebridades é muito complicado. E você jamais seria um um assessor de famosos. Jamais.

 (nina lemos)

:: Escrito por 02 Neurônio às 21h16
O pretê gay

 

Saiu um ranking dos animais mais gays do mundo animal. Os cientistas ficam muito intrigados com a homossexualidade animal, porque no sentido evolutivo não faz muito sentido. Afinal, um casal de animais gays não deixa descendentes.


O que salta aos olhos nesse ranking e acaba com um mistério, é o quarto lugar: os cisnes negros.


O cisne-negro macho é gay com frequência. Cerca de 25% deles escolhem outros machos para serem seus parceiros e ficam casados durante anos.

Às vezes, alguns machos têm relações com fêmeas e quando ela põe os ovos, os dois machos roubam os ovos e criam os cisnes juntos, sem a presença da fêmea.


E o que isso explica?!


O drama da cisne Petra. Vocês lembram da Petra?


Petra era frequentadora do zoológico de Munique, na Alemanha. Um dia, os administradores resolveram botar um pedalinho (na tradicional forma de cisne) no lago para os alemães passearem. Foi então que Petra se apaixonou pelo pedalinho!

 

Na época, pensamos que Petra estava desiludida com o amor, e acabou se apaixonando por um pedalinho passante.


Agora, diante dos dados do ranking e da crueldade dos cisnes gays (que roubam os ovos!), concluimos: Petra cansou de ter pretês gays. Preferiu um pedalinho hétero.

 


 

 

 

:: Escrito por raq affonso às 16h09