A dança do acasalamento

 

Sempre acreditamos que dançar bem pode funcionar como uma boa dança do acasalamento. E ver um pretê dançando mal pode ter o efeito inverso e você nunca mais querer saber daquela pessoa.

 

E o pior: não existe um curso de dança para pretês. Então, se ele não aprendeu a dançar quando pequeno, já era.

 

Mas agora, os cientistas - sempre os ingleses -fizeram uma pesquisa com as mulheres e descobriram o que elas consideram uma boa dança. Ele deve fazer movimentos repetitivos, tanto grandes quanto pequenos - sempre alternando.

 

 

 

Movimentos repetitivos e convulsivos são características de um péssimo dançarino.

Mas não concordamos com as inglesas. Afinal, um dos nossos dançarinos preferidos tinha uma dança bem convulsiva.